Imagens de Americana, 2010

IMAGENS DE AMERICANA

Não conhecia a cidade de Americana e acabei indo mais a nível de passeio do que para uma exposição. Enganei-me, encontrei amigos e fiz amigos, vi coleções que me presentearam com conhecimento, alimentaram minha curiosidade, mostraram-me coisas novas com idéias novas. Americana, para mim, bastou ser o Shopping Welcome Center, não precisei de mais nada. Ali, naquele espaço estavamamigos, selos, minha esposa, boa conversa.

Magnífica e genial a idéia do Sr. Frederico Guerra, presidente da Sofia, Sociedade de Filatelia de Americana, de trazer a juventude para a Exposição. Renasci, renascemos, a iniciativa tirou o cheiro de armário que impregnava as exposições, trocando-o por idéias novas, gente nova, coleções novas. Americana deixou de ser uma exposição aonde velhos expõe coisas velhas, mas tornou-se o estopim que a infância e a juventude necessitavam para conhecer este papelzinho chamado selo.

Mostrou a todos estes jovens que participaram, e que, por terem sido voluntariamente recrutados em escolas, a maravilhosa arte da filatelia. Mostrou que este hobby não se restringe ao selo, mas ao envelope, a folhinha, ao cartão postal. Ainda mais: que não existe filatelia sem estudo ou conhecimetno daquilo que se coleciona.

Americana foi uma aula de história, geografia, aviação, zoologia, música e muito mais, tal a criatividade exibida pela ala jovem. Se de um lado, nós veteranos de filatelia expusemos coleções refinadas e até de alto custo, por outro nos encontramos novamente crianças iniciando novas coleções.

Qual de nós não se lembrou do nosso primeiro encontro com a filatelia há dezenas de anos atrás? Como foi nossa primeira folha de selos, nosso álbum, como nos expertizamos e passamos a criar coleções de alto nível? Começamos alí, com um tio velho ou um avô nos ensinando esta arte. Nossa obrigação? Ensinar, orientar, trazer o jovem para a filatelia, agir com verdadeiro espírito fraternal.

Não acredito que a Exposição de Americana tenha sido competitiva. Lógico que não é a opinião dos jurados. Acredito que todos ganharam, os jovens e nós, os velhos filatelistas. Eles, por se aventurarem em sua primeira coleção, nós, por termos a humildade de admirar seus trabalhos de iniciantes e dar-lhes uma injeção de ânimo.

Jovens filatelistas, bem-vindos ao nosso mundo! Permitam que possamos partilhar novas idéias, novos rumos, novas e muitas coleções!

Benvindos à Filatelia!

AMERICANA 2010
Dr.Roberto Aniche e esposa

Matéria publicada no
Boletim no 208 de Agosto de 2010
da Sociedade Philatélica Paulista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s